A valorização do Estudante Atleta após a Universidade !!!

Não é de hoje que os Estados Unidos oferece oportunidades para o estudante-atleta se desenvolver tanto no esporte quanto nas salas de aula. É muito importante deixar claro que além de estar em um ambiente competitivo dentro do esporte, o estudante-atleta também estará exposto as melhores condições de desenvolvimento intelectual. Um estudo mostra que empresas americanas contratam mais estudantes-atletas que estudantes que não foram atletas em seus períodos de Universidade.

Ser um estudante-atleta em uma Universidade nos Estados Unidos permite que o atleta se torne um estudante e o estudante se torne um atleta. O ambiente é favorável ao desenvolvimento esportivo e intelectual. Uma recente pesquisa mostra que é mais fácil um estudante-atleta ter sucesso profissional do que um estudante que não pratica esportes durante o período de estudos Universitários. Em sua maioria os estudantes e estudantes-atletas terminam a Universidade em 4 anos. 90% dos estudantes-atletas afirmam que participar de esportes durante a Univesidade fez com que desenvolvessem características como Liderança e ética.

Além de abrir espaço para o desenvolvimento intelectual e de informação o estudante-atleta ainda pode seguir o sonho de se tornar profissional no esporte. Não é tão fácil se tornar um atleta profissional nos Estados Unidos também, porém a vida como profissional pode começar mais tarde que em países como o Brasil. O desenvolvimento escolar e atlético caminham juntos desde o Ensino Médio até o final da Universidade. Isso faz com que os atletas terminem seus estudos e ainda possam seguir o caminho do esporte, porém já formados em uma Universidade.

Michael Jordan é um exemplo disso. Ele se formou pela Universidade da Carolina do Norte após ter largado o curso no terceiro ano para vir a ser o melhor jogador de Basketball de todos os tempos. E mesmo ele que não tinha terminado a Universidade para ir seguir o caminho de jogar na NBA, assim que “pendurou” as mãos, voltou para a Universidade da Carolina do Norte para terminar aquele ano que faltava para se graduar.

Além disso 6 de 11 presidentes dos Estados Unidos uma vez foram estudantes-atletas. Umas das características mais importantes desenvolvidas por estudantes-atletas apontadas pelo CEO da Game Theory Group é o gerenciamento do tempo. Muitas vezes estudantes-atletas devem controlar bem o tempo que tem disponível, pois como atuam em diversas funções, o gerenciamento de tempo é um fator importante para que se deêm bem na sala de aula e também no campo ou quadra. Muitos além das atividades dentro do campo ou quadra, além das atividades dentro e fora da sala de aula ainda trabalham para levantar uma graninha para se manter.

Ser um estudante-atleta nos Estados Unidos não é fácil, porem o desenvolvimento que isso proporciona no âmbito esportivo e pessoal é de muita valia para seu futuro.

Egames e Universidades Americanas

Vocês sabiam que as Universidades Americanas oferecem bolsas de estudos para os praticantes de Egames?

As 4 Universidades que oferecem Egames como esporte e ainda com uma possibilidade de bolsas de estudos para custear os cursos da Faculdade.

1 -University of California (Irvine)

A primeira Universidade publica a anunciar que ira oferecer bolsas de estudos para estudantes que jogam League of Legends (LOL). O programa começou em 2016 e já conta com um Cafe voltada para a prática dos egames.

2 – Robert Morris University

Essa Universidade foi a percursora no desenvolvimento e implementação dos egames como esporte Universitário. Um egamer pode conseguir até 50% de bolsas de estudos para jogar League of Legends entre outros jogos.

3 – University of Pikeville

Essa Universidade em uma pequena cidade no estado do Kentucky oferece bolsas de estudos para os praticantes de egames. Os jogadores precisam manter uma média de notas anual e participar dos treinamentos

4 – Columbia College

Columbia College começou a oferecer bolsas de estudos para praticantes de egames no final de 2016. A Universidade está em processo de transformar um vestiário de futebol antigo em uma sala de Games capaz de agrupar a infra-estrutura necessária para a prática e treinamento de egames.

Essas são algumas das Universidades nos Estados Unidos que oferecem bolsas de estudos para praticantes de egmaes.

Quer saber como funciona para concorrer a uma bolsa de estudos em egames?

Entre em contato conosco – cadastre-se www.educasports.com.br

 

A metodologia de ensino Americana !

A metodologia de ensino americana está anos luz à frente da metodologia brasileira. A carga horária é aplicada de uma forma diferente daquela que é aplicada em nossas Universidades. Umas das características mais marcantes da metodologia aplicada nas Universidades americanas é a mobilidade de aulas que você pode fazer durante os semestres que estará cursando, também de poder se graduar em mais de uma especialização.

Durante os semestres em que os/as estudantes ou estudantes-atletas estiverem cursando a Universidade (College ou University) nos Estados Unidos eles terão mobilidade para escolher as aulas que irão fazer durante aquele semestre e no horário que estiverem disponíveis. Um exemplo simples, um aluno ou aluna quer estudar Administração de Empresas, ele ou ela precisaria de certas aulas para terminar o curso no período de 4 anos. Assim que eles ou elas chegam na Universidade irão ser apresentados aos seus Advisors (responsáveis pelo acompanhamento acadêmico dos alunos e ou alunas). Os Advisors juntamente com os alunas e ou alunas, decidem quais as aulas que eles ou elas devem fazer durante esse primeiro semestre. Normalmente, essas aulas são oferecidas em dois horários diferentes, sendo umas as 8 da manhã de segunda, quarta e sexta ou as 10 da manhã de terça e quinta. Basicamente, o aluno ou aluna poderão escolher o horário que melhor os servem. As aulas de Segunda, Quarta e Sexta em sua maioria, são aulas de 1 hora de duração. Já as aulas de Terça e Quinta tem duração de 1 hora e meia. Nos primeiros semestres os alunos ou as alunas fazem aulas mais fáceis, em sua maioria são as aulas que chamamos de Core classes (as aulas básicas). Os alunos ou alunas começam a fazer as aulas voltadas para suas especializações no segundo ano de universidade, porém dependendo do seus níveis de inglês podem começar as aulas mais difíceis já no primeiro semestre.

Os alunos ou alunas podem fazer mais que uma graduação durante o período de 4 anos em uma Universidade ou College nos Estados Unidos. A forma que o ensino superior nos Estados Unidos é aplicada permite que os alunos ou alunas façam mais que uma especialização. Ou seja, eles ou elas podem  se graduar em Administração de Empresas e em Gerenciamento Esportivo e também podem se graduar em Educação Física. O formato de graduação é diferente do nosso aplicado aqui no Brasil e isso permite que você saia dos Estados Unidos formado em três cursos.

Além desses fatores serem determinantes para o sucesso do formato americano de ensino, ainda podemos mencionar a metodologia de aulas. Em sua maioria, as aulas voltadas para a especialização dos alunos e ou alunas são práticas, a parte teórica é muito menor. A metodologia Americana prioriza a prática, permitindo que os alunos e ou alunas saiam das Universidades mais preparados para o mercado de trabalho.